Blog

19.JUN.2017 - Por Jacques Douglas

Dicas para evitar erros na hora de imprimir seu material

Dicas para evitar erros na hora de imprimir seu material

Que tal aprender a preparar arquivos para impressão de forma correta com dicas para evitar erros na hora de imprimir seu material?

1- Não utilize imagens, preenchimentos ou contornos no padrão de cores RGB.
O processo de impressão gráfica offset ou flexografia utilizam o sistema de cores CMYK (em português C Ciano, M Magenta, Y Amarelo e K Preto, que são os substratos das cores).
Para realizar a impressão as cores em RGB (R Vermelho, G Verde, B Azul) são convertidas pelo software automaticamente para CMYK, e essa conversão não é fiel, pois a gama de cores alcançada pelo RGB é bem maior que no CMYK, que é bem mais preciso.

2- Evite a todo custo imagem em baixa resolução
Frequentemente as imagens da internet tem a resolução reduzida para 72 dpi para facilitar a navegação e melhorar a visualização em monitores. Porém, a qualidade necessária para uma boa impressão é de 300 dpi, caso contrário as imagens perdem a definição, ficando embaçadas ou com uns quadradinhos nas bordas.
Ao capturar arquivos da internet com 72 dpi, importe para o software de edição (Corel, Photoshop, Illustrator por exemplo) e reduza a imagem para 24% do tamanho original, ou seja, se a imagem tiver 10 cm o tamanho máximo que você poderá utilizá-la é 2,4 cm.

3- Preserve uma margem de segurança
Textos e imagens que não serão refilados devem ficar a uma distância mínima de 3 mm da borda do papel para impressos com menos de 8 páginas e acima de 7 mm se tiver mais páginas. Nada mais feio que um texto grudado na borda de um folheto sem necessidade sem contar que podem ocorrer variação de máquina, já que o processo gráfico está sujeito a inúmeros incidentes, como equipamento desregulado, pouco preciso (manual ou semi-automático) ou mesmo falha humana.

4- Sangre seu documento
A área de sangria, ou sangra, é necessária para facilitar o refile e melhorar o acabamento do material gráfico.

5- A tonalidade certa do preto
A tinta preta sozinha não é capaz de dar uma boa cobertura no papel. Para resolver o problema basta reforce o preto com 30% de ciano (azul). Mas lembre-se, caso existam textos com fontes menores de 12 pt no preto puro (chapado) você deve colocar um contorno de 0,2 mm com apenas preto nas fontes, evitando assim entupimento das letras.
Nunca utilize preto puro (C100M100Y100K100). Pode-se conseguir um ótimo tom através da fórmula C75M68Y67K90, que é um preto agradável e balanceado, porém você deve avaliar com a gráfica se esta é a melhor alternativa, principalmente se a área coberta for muito grande ou com textos sobre a área. Podem surgir outros problemas, como secagem e registro. Neste caso o envelopamento das letras (0,35 mm) é indispensável para evitar o entupimento de textos pequenos.

6- SEMPRE converta seus textos em curvas...
Para enviar o arquivo para gráfica, inclusive dentro de powerclips e máscaras. Após a conversão dê uma busca automática para se certificar que não ficou nenhum texto para trás e ainda cheque novamente em propriedades do arquivo no menu arquivo. Assim a fonte não será trocada por outra acidentalmente, fazendo o texto “correr” ou ficando em um estilo diferente.

Se você não entendeu nada do que foi dito neste post, procure uma agência, designer gráfico ou mesmo entre em contato conosco para dar dicas de arte final do seu material. Não é vantagem nenhuma economizar na elaboração da arte final e receber um impresso que você não vai ter coragem de entregar ao seu cliente.

Gostou do artigo? Que tal fazer uma cotação conosco?

Preencha o formulário (clique aqui) ou contate-nos pelo fone: (41) 3333-3166

Veja também

compartilhe!

Comentários

Deixe seu comentário